Armário cápsula outono/inverno 2017

Armário

Tenho andado super entusiasmada com este assunto do armário cápsula e por isso dei-me ao trabalho de recolher peças iguais ou semelhantes às do meu armário e criar este armário cápsula outono/inverno 2017 que é uma representação do meu armário real, com apenas 47 peças.

Algumas peças não são exatamente iguais, porque há peças que já têm muitos anos e foi impossível encontrá-las online, mas tentei arranjar peças o mais semelhantes possível. Desta forma vai ser bem mais fácil partilhar convosco looks que podem usar – e já criei 90 looks diferentes com estas 47 peças, ou seja, 3 meses de sugestões sem nunca repetir um look. Parece difícil, muita gente pergunta “como é que me vou vestir sem parecer que ando sempre vestida de igual?”, mas a verdade é que quando começamos a dar asas à imaginação acabamos por encontrar muitas ideias. Em breve partilho tudo convosco, vou partilhar as peças montadas em looks e depois vou eu própria experimentá-los com a minha roupa e fotografar para vocês.

Apesar da maioria dos armários cápsula terem um aspeto um pouco mais formal e adulto, não te deixes desanimar, é possível criar um armário cápsula com vários estilos diferentes, consoante os teus gostos. O requisito é apenas que mantenhas o esquema de cores combinável entre si, de forma a que praticamente todas as peças combinem umas com as outras.

 

Lê também “O que é um armário cápsula?”

 

No meu caso tenho peças que podiam simplesmente não existir, como o blazer rosa claro que uso pouco – principalmente no inverno porque até é bastante fininho – mas que adoro, e tantas calças pretas que sei que sobreviveria com menos mas assim reduzo os problemas de lavandaria nas semanas de chuva. Para quem adora ganga, pode ter mais pares de ganga e menos pretas, é tudo uma questão de gostos pessoais.

Para este leque só trouxe duas peças mais festivas, o top preto drapeado e o top de veludo e renda, mas isso é porque estas são duas peças que efetivamente uso no dia a dia apesar do seu estilo festivo. Tenho mais algumas peças festivas, 3 ou 4, mas estão guardadas e só as tiro na altura do Natal, Passagem de Ano e no meu aniversário. Também podia sobreviver sem elas, mas por enquanto ainda não me desfiz porque gosto delas e continuo a ter espaço para as guardar.

Provavelmente também acharás estranho só ter uma saia, dois vestidos – o das bolinhas até é uma túnica mas não encontrei algo mais parecido – e zero calções, mas no inverno não são peças que use muito. Uso esta saia de camurça – a minha é verde caqui e não castanha – que comprei na Primark e acho que me fica bem, as restantes saias que tinha acabei por me desfazer delas – quase todas pelo menos – porque achava que não assentavam assim tão bem no meu corpo.

Tem sido um processo mais fácil do que imaginava, porque a felicidade de me sentir bem na roupa que visto supera aquela sensação de não querer desfazer-me das coisas. Se não me ficam realmente bem, não estão cá a fazer nada a não ser deixar-me infeliz e frustrada sempre que as tento vestir.